sábado, 8 de novembro de 2008

Marionetes de rua...

Um pequeno boneco! - exclamou o mais alto dos dois ao menino, que com seus grandes e fascinados olhos, observara atentamente o brinquedo durante toda a performance. O homem mais baixo se aproximou e, com um suave gesto, acariciou os macios e curtos fios de cabelo do menino, que agora olhava quase como se estivesse hipnotizado por sua cartola multicolorida apoiada levemente sobre uma de suas grandes orelhas. O homem sorriu com sua pequena boca, empurrando seu lábio inferior com os grandes e angulosos dentes que mantivera guardados durante todo o tempo do espetáculo. O mais alto franziu a testa de modo carinhoso, notando a expressão de quase-pânico do garoto ao deparar-se com tão grandes dentes. Estendeu-lhe a mão, que portava uma velha luva sem dedos e o garoto a recolheu timidamente para um de seus bolsos, abaixando a cabeça e se afastando, calma, porém alegremente, enquanto alisava o bolso cheio, com satisfação.

2 comentários:

Mariana disse...

Futuro escritor XD
mto bem gostei de ver, continue assim se nao kiser levar havaiana de pau.. auhauah.. bjosss

lucas disse...

belo texto o.o
me impressionou XD, ainda achu que devia escrever cronicas soltas...ia fikar bacana o/

see ya